Artigos Sobre Parâmetros da Água

Parâmetros da Água: Alcalinidade

A alcalinidade total da água representa à concentração total de bases, dependendo da presença de sais de ácidos fracos, carbonatos, em especial dos bicarbonatos em solução e hidróxidos, ocasionalmente dos silicatos e fosfatos, indicando na verdade a presença maior ou menor de sais dissolvidos ou não.

Como vamos perceber no decorrer desse artigo, pode-se dizer, simplisticamente que a alcalinidade indica a presença de sais minerais dissolvidos na água, em miligramas por litro, (mg/l).

Ela indica a capacidade da água em aceitar prótons, sendo usualmente determinadas como: as alcalinidades de hidróxidos (teor de hidróxidos em solução), de carbonatos (teor de carbonatos em solução) e de bicarbonatos (teor de bicarbonatos em solução expresso em carbonato de cálcio).

São os bicarbonatos que representam  a maior parte da alcalinidade na água, pois os mesmos são formados em quantidade consideráveis pela ação do dióxido de carbono (CO2) com materiais básicos presentes no solo. Em outras palavras, esta variável, alcalinidade, caracteriza a  capacidade de neutralização de ácidos na água, ou seja, mede as bases na água.

A “alcalinidade” da água caracteriza a capacidade maior/menor de neutralização dos ácidos, podendo se assemelhar à “dureza temporária-KH”, por representar também a “fração instável”, ou seja, o total de sais de baixa solubilidade (bicarbonatos/carbonatos/hidróxidos) presentes, dependentes de certos aspectos físicos da água, como o e o volume. Por isso é que, às vezes, é chamada como “alcalinidade dos carbonatos”, mesmo com valores diferentes, ou próximos, encontrados numa mesma amostra, para as duas variáveis, visto que a “alcalinidade” aponta a presença de sais, não estáveis, pouco solúveis e insolúveis.

Então, pode-se ter uma idéia da alcalinidade da água, conhecendo-se a dureza de carbonatos/KH, como se viu, por estar indicando a fração instável e, portanto os sais como os carbonatos e bicarbonatos de cálcio e magnésio. Então, a variável alcalinidade indica também a presença desses sais minerais e/ou outros minerais dissolvidos, sendo medidos em mg/l.

Em águas naturais brutas, normalmente a alcalinidade é identificada sob a forma de alcalinidade de bicarbonatos (pH de 4,4 a 8,3) e/ou de carbonatos, (pH até 9,4). No laboratório, pode-se obter, separadamente, as alcalinidades, (total em carbonatos, e total em bicarbonatos).

O encontro da forma de alcalinidade de hidróxidos  ou  hidroxida, (pH maior que 9,4), não é desejável por ser vinculada à alcalinidade cáustica.

A presença dos bicarbonatos começa a ocorrer com pH acima de 4, 4, e a sua  transformação para  carbonatos inicia-se em pH acima de 7,8; lembrar que são formados primeiro os carbonatos ácidos/bicarbonatos e depois os carbonatos neutros.

 
Fonte: InfoBibos - Informações Técnológicas

Deixe um comentário